terça-feira, abril 10, 2007

EPI: Equipamento de Protecção Individual ou Equipamento de Protecção Incompleta?


Este é um tema que há muito quero abordar. É um dos temas que mais me revolta no que diz respeito aos Bombeiros em Portugal, a par com o da Formação. É algo que pelo facto de aparentemente ser tão óbvio, irrita por isso mesmo! Falo da Protecção Individual.
Assim como eu me preocupo com isto, parece-me extraordinário que também não exista pressão daqueles que verdadeiramente têm voz: a "opinião pública", pois trata-se de um problema grave e que afecta um número elevado de cidadãos! Estes ainda não se aperceberam que continuam a ser praticados autênticos crimes contra aqueles que garantem a sua protecção e socorro. No entanto, aquilo que nestes últimos parece ser desinteresse é de facto IGNORÂNCIA. Ignorância porque tenho a certeza que uma boa parte dos cidadãos desconhece que os Bombeiros, na sua maioria, SE ENCONTRA MAL EQUIPADO E APETRECHADO, NO QUE DIZ RESPEITO À SUA SEGURANÇA E PROTECÇÃO INDIVIDUAL...e não nos tão badalados "meios" de combate!

A QUESTÃO é muito simples: HOJE EM DIA, ENQUANTO CIDADÃO COMUM NA SUA VIDA DIÁRIA, TUDO À SUA VOLTA OBEDECE A MAIS NORMAS E PADRÕES DE SEGURANÇA DO QUE UM SIMPLES EQUIPAMENTO DE COMBATE A INCÊNDIOS DE UM QUALQUER BOMBEIRO PORTUGUÊS (!)... Vejamos: é impensável comprar um carro que não traga pelo menos um ou dois dispositivos de segurança activa e passiva da moda (ABS's, SRS's, ESP's, etc). Também não compramos certamente um brinquedo a uma criança que não seja certificado e aprovado para aquela idade por um organismo internacional. Na alimentação, exigimos todos os padrões de qualidade e de segurança alimentar e não nos envergonhamos de o apontar quando estes não são cumpridos. No que diz respeito à saúde, existem hoje um elevado número de advertências para aspectos considerados prejudiciais para todos nós, quer no que diz respeito a comportamentos de risco como o tabaco, quer à utilização de certos materiais e substâncias que todos os dias vemos serem denunciados na televisão como "capazes de aumentar o risco do aparecimento de doenças cancerígenas"... etc, etc...

Então, se todos nós nos preocupamos com isto enquanto indivíduos e se todos os responsáveis pela nossa sociedade se preocupam igualmente com estas questões...

PORQUE RAIO É QUE SE INCLUIU NUM EQUIPAMENTO DE COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS, ou no restante fardamento de combate coisas como BOTAS "TIPO TROPA", LUVAS DE CABEDAL, CALÇAS E DOLMÉN DE ALGODÃO, ASSIM COMO ALGUMAS CÓGULAS, QUE DE IGNÍFOGO APENAS TÊM O NOME?
NA verdade, cheguei a presenciar algo que nunca pensei ser possível: quando reapareceram as Brigadas Helitransportadas (um ano antes das da GNR), os elementos das equipas tinham, apesar de se vestirem de amarelo e parecerem que andavam bem equipados, dólmens de algodão exactamente iguais aos que temos como farda de trabalho no dia-a-dia do serviço no quartel!! Ou seja, significa que as equipas que eram largadas em locais de difícil acesso para tentarem controlar frentes de incêndio, TINHAM COMO PROTECÇÃO PARA A MAIOR PARTE DO SEU CORPO ALGO FEITO NUMA QUALQUER FÁBRICA DE CONFECÇÕES E QUE NÃO OFERECIA NENHUM FACTOR DE PROTECÇÃO CONTRA A EXPOSIÇÃO AO CALOR OU ÀS CHAMAS! Este facto foi presenciado por mim, num grande incêndio perto do Piodão quando vi de perto um dos elementos destas equipas me apercebi que o seu dólmen era exactamente igual ao meu... só que de cor amarela!

E depois não querem que os Bombeiros se insurjam com o facto de o primeiro ano em que estas equipas integram elementos da GNR, estes tenham equipamentos de protecção individual VERDADEIRAMENTE CONSEBIDOS PARA O COMBATE A INCÊNDIOS E QUE ANDEM APARENTEMENTE BEM EQUIPADOS, COM VESTUÁRIO IGNÍFOGO. Obviamente não sou contra o facto de eles andarem bem protegidos, longe disso!! O QUE EU PERGUNTO É PORQUE É QUE ENQUANTO ERAM OS BOMBEIROS A FAZEREM ESSE SERVIÇO NÃO TIVERAM O MESMO DIREITO A ALGO QUE OS PROTEGESSE VERDADEIRAMENTE. Aliás, estes e todos aqueles que andam no terreno a combater incêndios e não só AS EQUIPAS DE "ELITE"...

Termino dizendo: a protecção individual dos Bombeiros em Portugal... É UMA PALHAÇADA E UMA TRAPALHADA EM QUE MUITOS APENAS TENTAM TOMAR MEDIDAS PARA QUE SE REMEDEIE E SE "DÊ MAIS QUALQUER COIZINHA" AOS HOMENS, EM VEZ DE VERDADEIRAMENTE RESOLVEREM O PROBLMEMA! É O MÍNIMO DOS MÍNIMOS... francamente!!!

(desculpem o tom reivindicativo e exaltado!)